// Personagens

Carta de Pittacus Lore

Ao povo terráqueo:

Há mistérios sem explicação aparente na história humana. Saltos incompreensíveis no desenvolvimento tecnológico humano. Ninguém explica a cidade perdida de Atlântida, o monstro do lago Ness, o Triângulo das Bermudas e, claro, os círculos ingleses em plantações e os OVNIs. Para esclarecer esses e muitos outros mistérios da Terra, pode-se dizer que, desde que o planeta surgiu, alienígenas o têm visitado e vêm influenciando seus acontecimentos.

Sou Pittacus Lore, do planeta Lorien, que ficava a 450 milhões de quilômetros da Terra. Sou um dos dez Anciãos de nosso planeta e tenho 10 mil anos. Em Lorien, alguns cidadãos – membros da Garde – tinham poderes. Éramos incrivelmente fortes, rápidos e nascíamos com dons chamados Legados. Apesar de nossos poderes, nós, Anciãos, responsáveis pela defesa do planeta, falhamos.

Lorien foi destruído. E toda nossa população, morta, a não ser por nove crianças e seus nove guardiões. Os Nove voaram para a Terra, onde esperamos que possam se esconder, crescer e desenvolver seus legados, para um dia se vingarem pelo extermínio de Lorien. Infelizmente, a mesma raça que destruiu nosso planeta seguiu para a Terra, à caça de nossas crianças. E já mataram três delas. Os seis ainda vivos começaram a lutar contra seus perseguidores. Nossa guerra chegou ao planeta de vocês, e será ganha ou perdida aqui em solo terrestre.

Conto a história de Lorien, dos Nove e da guerra iminente para que vocês não permitam que o mesmo aconteça com o planeta de vocês. Estou em busca dos lorienos sobreviventes para reuni-los. Eles podem estar passando por você agora mesmo, ou podem estar sentados aí perto ou de olho em você enquanto lê essa carta. Podem estar na sua cidade. Se eles estiverem fazendo o que devem, seguem vivendo em anonimato, treinando e esperando pelo dia em que se encontrarão e encontrarão a mim, e nossa última ação de resistência será conjunta.

  • JOHN SMITH

    Número Quatro, também conhecido como John Smith, tem talento para se misturar. Ele não tem escolha mesmo: ao menor incidente que possa ganhar as páginas dos jornais, ele e seu guardião pegam a estrada outra vez. Não podem arriscar se expor aos mogadorianos, nem podem deixar a verdade — que são extraterrestres — ser descoberta. Até agora, John e Henri já percorreram muito os EUA: sempre cidades pequenas, fora dos roteiros usuais. Era como as coisas caminhavam até chegarem em Paradise, Ohio. Foi lá que John conheceu Sarah e passou a ter uma razão imensa para querer permanecer ali. Desde que veio para a Terra, John é fugitivo. Mas não pode fugir para sempre. Agora é hora de encarar o destino.

  • HENRI SMITH

    Um dos Cêpans lorienos, Henri é responsável por John, é seu Guardião. Mestre da reinvenção, Henri criou identidades e mais identidades para o rapaz extraterrestre e para si — todas elas completamente críveis, que eram destruídas ao menor sinal de perigo. Disfarçado de pai de John, o trabalho de Henri é manter o rapaz em segurança, vivo, e ensiná-lo as habilidades necessárias para fortalecer seus Legados e assim lutar contra os mogadorianos. Henri também é guardião da misteriosa Arca Lórica, da qual tem a chave.

  • SARAH HART

    Ex-líder de torcida, fotógrafa, uma menina totalmente doce e encantadora, foi a primeira humana a conquistar o coração de John. Ela é o motivo para ele parar de fugir: John sabe que deixar Paradise significa deixar para trás seu coração — e ele vai proteger Sarah e o amor entre os dois, custe o que custar.

  • MARK JAMES

    Ex-namorado de Sarah, tem enorme implicância com John desde o primeiro dia em que se viram. Típico adolescente irresponsável que resolve tudo na força, não suporta o fato de John ser mais inteligente que ele, nem o de ter perdido Sarah para John. Mark quer vingança, e pode ser o humano mais perigoso que Número Quatro já conheceu.

  • SAM GOODE

    Todo mundo precisa de um comparsa, e Sam é o parceiro de John. Aliás, Sam é o único amigo com quem John baixou a guarda e permitiu que testemunhasse todos os seus poderes. Fã de ficção científica, ávido por história de sci-fi, cheio de teorias de conspiração sobre alienígenas, Sam não sabia o quão perto da realidade estavam algumas de suas ideias, até John e Henri serem forçados a lhe revelar sua identidade extraterrestre. Com isso, os dois o mantêm a seu lado, e Sam se torna o maior aliado de John em sua luta pela sobrevivência.

  • BERNIE KOSAR

    Bernie, o cachorro que simplesmente apareceu na porta da casa de John e Henri, ganhou o nome em homenagem ao famoso zagueiro do futebol americano dos Cleveland Browns. Mais do que melhor amigo do homem, Bernie é extremamente protetor do rapaz.

  • MOGADORIANOS

    Espécie maligna de extraterrestres, os mogadorianos atacaram o planeta Lorien quando souberam de seu momento mais vulnerável. Os lorienos não estavam preparados e mal tiveram chance de resistir. Foi durante o ataque que os nove jovens alienígenas escaparam junto a seus guardiões. Mas os mogadorianos não ficarão satisfeitos enquanto o último lorieno não estiver morto, por isso agora estão na Terra, caçando-os um a um.

  • NÚMERO SEIS

    Desde que Um, Dois e Três morreram, Seis tem procurado John, o Número Quatro: ela não pode permitir que ele morra. Precisa encontrá-lo antes dos mogadorianos, pois sabe que chegou a hora de os lorienos sobreviventes se unirem. Seis é ligeiramente mais velha que John, e seus Legados estão mais desenvolvidos que os dele. Sozinha desde a morte de sua Cêpan, sua habilidade de aprender e pensar rapidamente também tem sido fundamental para sua sobrevivência, mas sua independência e intensidade ao mesmo tempo fascinam e assustam todos à sua volta, inclusive John. Porém, por mais fortes que John e Seis sejam juntos, o fato de eles terem unido forças significa o fim do encantamento que vinha protegendo os lorienos por todos esses anos. Enquanto estavam separados, os mogadorianos precisavam matá-los em ordem... o perigo acabou de ficar muito maior para os jovens lorienos.

  • MARINA

    Enquanto John e Seis unem forças em Ohio, a Número Sete, também chamada Marina, está na Espanha acompanhando as notícias: a escola completamente destruída, o misterioso desaparecimento de John e de Henri Smith, os relatos da vida impressionante do rapaz... John deve ser um deles. Será que seu surgimento é o sinal pelo qual ela estava esperando? Significa que chegou a hora de os seis Gardes sobreviventes se reunirem? Os Legados de Marina vêm chegando há algum tempo e estão se desenvolvendo rapidamente, mas ela não tem certeza de que os compreende, e sua Cêpan, Adelina, não tem ajudado. Será que Marina está pronta para lutar? A Espanha tem sido seu lar praticamente desde que pousaram na Terra, mas a jovem nunca se sentiu tão perdida. Por que justamente quando outros lorienos estão aparecendo é que ela se sente mais sozinha do que nunca?

  • NÚMERO TRÊS

    História: desconhecida. Morreu pelas mãos dos mogadorianos em uma selva no Quênia dez anos após sua chegada à Terra.

  • NÚMERO DOIS

    História: desconhecida. Morreu pelas mãos dos mogadorianos na Inglaterra sete anos após sua chegada à Terra.

  • NÚMERO UM

    História: desconhecida. Morreu pelas mãos dos mogadorianos na Malásia quatro anos após sua chegada à Terra.

  • ELLA

    Uma das meninas mais novas no orfanato de Santa Teresa, Ella já passou por muita coisa em seus sete anos de idade. Ela não fala muito sobre seu passado, mas dizem que seus pais morreram em um acidente de carro. Como a vida no convento é difícil, Marina não pode deixar de sentir compaixão pela menina delicada e quer ajudá-la a se sentir em casa. No entanto, se os mogadorianos encontrarem Marina, eles destruirão tudo — e todos — que virem pela frente. Até mesmo Ella.

  • HéCTOR

    Ele é conhecido como o bêbado da cidade, sempre com os olhos injetados, as mãos trêmulas, o cabelo imundo e as roupas esfarrapadas. Mas Héctor Ricardo tem sido amigo de Marina desde se conheceram quando ela tinha treze anos. Héctor tem um grande coração: cuida de sua mãe enferma, que está em uma cadeira de rodas, e sempre vai ao orfanato de Santa Teresa para a refeição de domingo. Marina gostaria que Héctor se preocupasse tanto consigo mesmo quanto ele se preocupa com as outras pessoas. Ela sente que também pode ser ela mesma quando está junto ao amigo, embora tenha tanto a esconder. Se algo acontecer, Héctor com certeza será seu aliado.

  • CRAYTON

    É difícil guardar segredos em uma cidade pequena como Santa Teresa. Quando Marina, aonde quer que vá, vê um homem alto com cabelo escuro e bigode, começa a suspeitar que foi descoberta pelos mogadorianos. Se seus instintos estiverem certos e a presença desse homem não for coincidência, ela sabe que precisará deixar tudo para trás — inclusive Ella e Héctor — e fugir para salvar a própria vida.

  • NÚMERO OITO

    Já faz alguns meses que se falam de uns milagres ocorrendo na Índia. Marina leu algumas notícias sobre um garoto que consegue mover objetos com a mente. E Crayton ouviu boatos sobre alguém que mora no cume do Himalaia e tem a habilidade de alterar a própria forma. Existe até quem acredite que ele é a reencarnação do deus hindu Vishnu. O Número Oito desenvolveu seus Legados, e não está sendo discreto.

  • NÚMERO NOVE

    O Número Nove e seu Cêpan, Sandor, estabeleceram uma estratégia diferente para despistar os mogadorianos. Em vez de se mudarem constantemente, eles decidiram se manter em plena vista. Por cinco anos os dois moraram em Chicago e lá construíram um santuário onde podiam treinar para a guerra eminente e aprimorar os recém-desenvolvidos Legados de Nove. O garoto começou a achar que conseguiria ter uma vida normal... Mas ele não podia se esconder para sempre, e os mogadorianos o capturaram em uma armadilha que ele não foi capaz de prever. Ficar em uma prisão muda uma pessoa, até mesmo um lorieno. E quando Nove finalmente escapa, depois de meses sendo mantido prisioneiro dos mogadorianos, ele se mostra feroz, impulsivo e desesperado por vingança.